Festival “Terras sem Sombra” alarga número de espectáculos

Na edição de 2018 do Festival “Terras sem Sombra” o número de concertos é alargado para dez. A iniciativa vai estrear-se em concelhos como Barrancos ou Elvas, e regressar a Mértola e Vidigueira.

Vidigueira, Sines, Santiago do Cacém, Ferreira do Alentejo, Odemira, Serpa, Mértola, Barrancos, Elvas e Beja, são os concelhos por onde o Festival vai passar, entre 17 de Fevereiro a 8 de Julho.

“Aproximando o Distante: Tradição e Vanguarda na Música Europeia (Séculos XVI-XXI)” é o mote desta 14.ª edição, cuja programação presta especial atenção ao Ano Internacional do Património Cultural, efeméride a cujo programa oficial o “Terras sem Sombra” se associa, a convite do Ministério da Cultura.

A Hungria assume um papel, como protagonista, na actual edição do Festival. São também convidados, este ano, os Estados Unidos da América e Espanha.

A iniciativa é da Associação Pedra Angular e resulta de uma parceria entre várias entidades, com destaque para as autarquias.

José António Falcão, director geral do Festival, salienta que o evento “vai ao encontro de novas terras e novas localidades”. O Festival “Terras Sem Sombra” pretende “fazer da região um destino de arte e de natureza”.

O programa do festival é apresentado hoje, na Embaixada da Hungria, em Lisboa.

 

Programa

Concerto de Abertura em Vila de Frades

17 de Fevereiro [21H30] Igreja Matriz de São Cucufate

O vos omnes: Música Sacra Húngara dos Séculos XIX-XXI

VASZY VIKTOR KAMARAKÓRUS

 

CONCERTO II em SERPA

3 de Março [21H30] Musibéria

Longe, mas Perto: As Canções Populares Húngaras, de Fernando Lopes-Graça e a Tradição Magiar.

MEIO-SOPRANO . CÁTIA MORESOPIANO . NUNO VIEIRA DE ALMEIDACANTO POPULAR . HANGA KACSÓCANTO POPULAR . ÁRON VÁRAISANFONA, FLAUTA E TÁROGATÓ . BÉLA SZERÉNY

 

Concerto III em Odemira

17 de Março [21H30] Igreja da Misericórdia

Ontem, Hoje, Amanhã: Obras de Carrapatoso, Kodály e Chopin

VENA PIANO TRIOPIANO . ANDREA FERNANDESVIOLONCELO . KAMILA SŁODKOWSKAVIOLINO . ERZSEBET HUTAS

 

Concerto IV em Mértola

14 de Abril [21H30] Igreja Matriz de Nossa Senhora Entre as Vinhas

Aos Quatro Ventos: Música dos Séculos XIX a XXI na Europa Central

SOPRANO . ANNA FÜRJESTENOR . MILOSLAV SYKORAPIANO . JAN VOJTEK, LUKASZ PIASECKIVIOLONCELO . KRISTINA VOCETKOVÁCIMBALÃO . GABRIELA JÍLKOVÁ

 

Concerto V em Ferreira do Alentejo

28 de Abril [21H30] Igreja Matriz de Nossa Senhora da Assunção

Um Roteiro de Sentimentos: Entre Bach e Bolcom

PIANO . PAULINE YANG

 

Concerto VI em Beja

5 de Maio [21H30] Igreja Matriz de Santa Maria

O Canto na Ilha da Liberdade: Vozes Corsas

BARBARA FURTUNA . VOIX CORSESJEAN-PHILIPPE GUISSANIMAXIME MERLANDIJEAN-PIERRE MARCHETTIANDRÉ DOMINICI

 

Concerto VII em Elvas

19 de Maio [21H30 Igreja de Nossa Senhora da Assunção

Guerra e Paz: O Clarim na Música Barroca Europeia

CLARINES DE BATALLATROMBETA HISTÓRICA . VICENTE ALCAIDEÓRGÃO . ABRAHAM MARTÍNEZPERCUSSÃO . ÁLVARO GARRIDO

 

Concerto VIII em Barrancos

2 de Junho [21H30] Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição

All’Ongarese: Das Estepes Húngaras aos Salões Barrocos

LUDOVICE ENSEMBLE TRAVERSOS E FLAUTAS . JOANA AMORIMOBOÉS, FLAUTAS E DUDUK . PEDRO LOPES E CASTROVIOLINO BARROCO . LUCA GIARDINIVIOLINO BARROCO . REYES GALLARDOVIOLA DE GAMBA . SOFIA DINIZCRAVO E DIRECÇÃO MUSICAL . FERNANDO MIGUEL JALÔTO

 

Concerto IX  em Sines

16 de Junho [21H30] Centro das Artes

Face ao Paraíso: Uma Genealogia do Pianismo nos Séculos XIX e XX

PIANO . ARTUR PIZARRO

 

Concerto de Encerramento Santiago do Cacém

30 de Junho [21H30] Igreja Matriz de Santiago Maior

Fragmentos Vitais: Kurtág e a sua Circunstância

SOPRANO . ANDREA BRASSÓI-JŐRÖSVIOLINO . MÁTÉ SOÓSPIANO . PÉTER KISSCLARINETE . PÉTER SZÜCS