Fortes: Relatório da Agência Portuguesa do Ambiente revela má qualidade do ar

Em Fortes, o ar é de má qualidade, refere o relatório da Agência Portuguesa do Ambiente. De acordo com o documento, a qualidade do ar “viola todos os valores de segurança e de risco atribuídos pela Legislação Europeia e pela Organização Mundial de Saúde”.

João Matos, coordenador do relatório explicou à Rádio Pax que a “quantidade de partículas emitidas” pela fábrica de laboração de bagaço de azeitona “ultrapassa os valores limites de segurança”.

Em seu entender, esta é uma “situação preocupante”.

Fátima Mourão, da Associação Ambiental de Amigos das Fortes refere que o resultado do relatório “é a prova” do alerta afeito durante nove anos pela população daquela localidade de Ferreira do Alentejo.

A responsável considera que durante esse tempo, os moradores viveram “envenenados”.