GNR apreende 1 300 euros em notas falsas

O Comando Territorial de Beja da GNR, através do Posto Territorial de Cuba e do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Aljustrel, deteve ontem dois indivíduos, um homem e uma mulher de 62 e 47 anos, por contrafacção de moeda e passagem de moeda falsa.

Segundo a GNR, durante a manhã de ontem, em Aljustrel, os suspeitos fizeram compras no comércio local de baixo valor e pagaram com três notas de 50 euros falsas, recebendo o troco em dinheiro verdadeiro. O casal deslocou-se para Ferreira do Alentejo, onde terá usado o mesmo método para trocar mais uma nota falsa de 50 euros.

A proprietária de um dos estabelecimentos comerciais onde os suspeitos fizeram compras, denunciou o caso à GNR, entregando a nota falsa que havia recebido.

A GNR interceptou os indivíduos na vila de Cuba.

Na operação, a Guarda Nacional Republicana apreendeu 1 300 euros em notas falsas de 50 euros; 262 euros em moedas e notas verdadeiras, entre outras quantias de notas oriundas Africa do Sul, Afeganistão, Perú e América.

As autoridades apreenderam ainda dois telemóveis e uma viatura.

Os detidos, com antecedentes criminais por burla e emissão de cheques sem provisão, foram constituídos arguidos e sujeitos a termo de identidade e residência. O processo passou para a alçada da Polícia Judiciária.