GNR deteve onze suspeitos de tráfico em mega-operação

O Comando Territorial de Beja da GNR, através do Núcleo de Investigação Criminal de Beja, deteve ontem onze indivíduos por tráfico de estupefacientes e passagem de moeda falsa, em Cuba.

“A investigação por tráfico de estupefaciente que teve inicio há cerca de seis meses, visou um grupo de indivíduos constituído por oito homens e três mulheres, com idades compreendidas entre os 17 e os 31 anos, que operava no distrito de Beja, com principal incidência em Cuba”, revela o Comando de Beja da GNR.

A GNR fez treze buscas domiciliárias e seis buscas a veículos e apreendeu: seis viaturas; 430 doses de cocaína; 268 doses de haxixe; 12 doses de folhas de cannabis; nove doses de MDMA; uma planta de cannabis; cinco armas brancas; 3 580 euros em notas falsas; cerca de 3 mil euros em dinheiro; 23 telemóveis; dois computadores e duas balanças digitais.

Os detidos, três deles com antecedentes criminais por tráfico de estupefacientes e furtos, são ouvidos esta tarde no Tribunal Judicial de Cuba.