GNR deteve suspeito de violência doméstica

O Comando Territorial de Beja da GNR deteve, na semana passada, um individuo por suspeita do crime de violência doméstica. O relatório semanal da actividade operacional, enviado à Rádio Pax, faz também referência à detenção de cinco indivíduos por condução sem habilitação legal, quatro por condução sob efeito do álcool, quatro por furto de metais não preciosos e um por tráfico de estupefacientes.

Os militares apreenderam 12 doses de cannabis, 32 quilos de cobre em cabos e tubos, 14 quilos de fio de electricidade, uma vara de cobre de 2,5 metros de comprimento, uma arma de fogo, duas viaturas, três tabuleiros em inox, duas máquinas de café, duas lanternas, um pé de cabra, uns binóculos com bolsa em camuflagem, uma fiambreira, um telemóvel, um macaco hidráulico de três toneladas e uma corda de nylon de cinco metros de comprimento.

Nas estradas do distrito, a GNR registou 70 infracções por excesso de velocidade, 22 relacionadas com iluminação e sinalização, 20 por falta ou incorrecta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 14 relacionadas com tacógrafos, dez por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, nove por falta de inspecção periódica obrigatória, sete por uso indevido do telemóvel no exercício da condução e sete por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Na semana passada, aconteceram 32 acidentes, dos quais resultaram 17 feridos leves.

A GNR realizou 15 autos de contra-ordenação e 12 acções de sensibilização.