GNR prossegue operação “AGRISEGUR”

A GNR pretende “prevenir a criminalidade em geral e, em particular, o furto de produtos agrícolas, o furto de cobre e outros metais não preciosos e situações de tráfico de seres humanos”.

A Guarda Nacional Republicana quer que as diversas campanhas agrícolas sejam realizadas “num clima de segurança, garantindo a protecção de pessoas e bens, procurando ainda identificar situações de tráfico de pessoas”.

A GNR assegura que “durante as diversas acções será ainda promovido o contacto com as comunidades rurais, muito especialmente os agricultores, para alertar sobre medidas de prevenção e protecção contra furtos, em particular contra furto de metais não preciosos, e ainda sobre a utilização segura dos veículos agrícolas”.

No ano passado as autoridades fizeram várias detenções nos campos do distrito de Beja por tráfico de seres humanos.