GNR reforça patrulhamento durante “Operação Páscoa”

A GNR tem a estrada a Operação “Páscoa”. Os militares intensificam o patrulhamento e a fiscalização nos principais eixos rodoviários, com o objectivo de reduzir os índices de sinistralidade e de apoiar os utentes das vias, proporcionando-lhes uma deslocação em segurança.

A GNR, através dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, tem especial preocupação com os comportamentos de risco dos condutores, sobretudo os que ponham em causa a sua segurança e a de terceiros.

Os militares estão particularmente atentos às manobras perigosas, à correcta sinalização e execução de manobras de ultrapassagem, de mudança de direcção e de cedência de passagem, à utilização indevida do telemóvel, à condução sob a influência do álcool e substâncias psicotrópicas, ao excesso de velocidade, à incorrecta ou não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção para crianças e às condições de segurança dos veículos.

A GNR aconselha a que os condutores efectuem um planeamento cuidado das viagens, evitando os períodos do final do dia, quando se prevê maior intensidade de tráfego, a descansem convenientemente antes de efectuar a viagem e, pelo menos de 2 em 2 horas, ou sempre que sintam necessidade e adeqúem a velocidade às condições climatéricas, ao estado da via e ao volume de tráfego.

Os militares aconselham ainda a que os condutores mantenham a calma em situações de elevada intensidade de tráfego, que possam obrigar à circulação a baixa velocidade, que evitem manobras que possam resultar em embaraço para o trânsito ou contribuir para a ocorrência de acidentes e a adoptar uma condução atenta e defensiva, para que contribuam para a redução dos índices de sinistralidade rodoviária.