GNR termina operação TISPOL

Os militares afectos à operação têm estado a desenvolver acções de fiscalização com especial incidência para o acesso à actividade transportadora, o controlo do peso e dos tacógrafos (tempos de condução, pausas, tempos de repouso, viciação e manipulação), a verificação do acondicionamento e transporte de carga e das condições técnicas dos veículos, o controlo da condução sob efeito do álcool e de estupefacientes, a verificação do uso do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção de crianças, e a detecção de infracções de natureza fiscal, aduaneira e ambiental.

Esta operação é realizada em todos os países da Europa e enquadra-se no plano definido pela  TISPOL, organismo que congrega todas as polícias de trânsito da Europa, no qual a GNR é a representante nacional.