Governo abre escolas durante férias da Páscoa

O Governo decidiu que as mais de 700 escolas de referências abertas com o serviço de refeições escolares para alunos carenciados e que acolhem os filhos/dependentes dos trabalhadores de serviços essenciais manter-se-ão abertas durante a pausa letiva das férias da Páscoa.

O Ministério da Educação reitera que “as escolas têm também como missão cumprir uma função social imprescindível, em todo o território, garantindo diariamente apoio às crianças e jovens que necessitem de acolhimento ou de uma resposta alimentar adequada, atendendo às regras de segurança determinadas pelas autoridades de saúde”.

Segundo a nota de imprensa enviada às redacções, “na segunda semana de atividades letivas presenciais suspensas, o número de refeições servidas nas escolas de norte a sul do país tem vindo a aumentar, ultrapassando a média de 6500 refeições diárias, desde o início do processo”.

O Ministério da educação informa ainda que “as notas referentes ao 2.º período estão asseguradas” e “os moldes de funcionamento do 3.º período letivo serão divulgados até 9 de abril”.