Governo tem três linhas de apoio para a cultura

O Governo tem disponíveis três linhas de apoio para os trabalhadores independentes da cultura, entidades artísticas e espaços culturais que viram a atividade prejudicada pela pandemia da covid-19.

Estas ajudas que fazem parte do Programa de Estabilização Económica e Social (PEES), aprovado em junho, destinam-se “a técnicos, artistas, autores e outros profissionais, que tenham solicitado ou recebido apoio extraordinário da Segurança Social enquanto trabalhadores independentes, e que se candidatam a um máximo de 1.316,43 euros”.

Este apoio, no valor de 34, 3 milhões euros está disponível para 18 mil beneficiários.

“Há ainda uma linha de financiamento, de três milhões de euros, para entidades artísticas profissionais retomarem atividade e para fazer face a prejuízos causados pela paralisação do setor, com a pandemia da covid-19”.

Os interessados podem aceder a estes apoios na página oficial do PEES (pees.gov.pt) ou no portal da Cultura (culturaportugal.gov.pt).

Os pedidos podem ser feitos até dia 4 de setembro.