12°C
Scattered clouds

Incêndios: Governo apoia apicultores de Aljezur, Monchique e Odemira com 25 mil euros

O Governo criou um apoio extraordinário, com uma dotação de 25 mil euros, destinado aos apicultores afetados pelos incêndios ocorridos em maio e agosto deste ano nos concelhos de Aljezur, Monchique e Odemira, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o gabinete da ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, indicou que o despacho normativo que prevê a criação desta ajuda, assinado pela governante, foi hoje publicado.

O apoio, realçou, vai ser “atribuído aos apicultores cujos apiários foram direta ou indiretamente afetados pelos incêndios que deflagraram, no mês de maio e nos primeiros dias do mês de agosto deste ano, nos concelhos de Aljezur, Monchique e Odemira”.

Referindo-se aos prejuízos causados pelos incêndios, a tutela assinalou que, além dos bovinos, ovinos e caprinos que “ficaram afetados pela eliminação de pastos usados na sua alimentação”, as abelhas foram igualmente afetadas.

Os fogos “comprometeram também a alimentação das abelhas das explorações apícolas cujos apiários se situam na proximidade das áreas ardidas, privando as abelhas do alimento natural que estas áreas lhes proporcionavam”, sublinhou.

Segundo o ministério, os apicultores devem fazer o pedido de apoio, no prazo máximo de 30 dias úteis após a data de publicação deste despacho, junto da Direção Regional de Agricultura (DRAP) e Pescas territorialmente competente, acompanhado por uma ficha de declaração de prejuízos e pela declaração de existências.

A aprovação da ajuda “depende da verificação administrativa e o pagamento é antecedido de controlo no local dos prejuízos sofridos a efetuar pela DRAP”, acrescentou.

Em 25 de agosto último, a ministra da Agricultura e da Alimentação já tinha anunciado um apoio unitário de 8.400 euros para os agricultores e produtores pecuários de Odemira e de 5.400 euros para os de Aljezur.

O incêndio ocorrido em agosto teve início no dia 05 desse mês, no concelho de Odemira (Beja), tendo sido dado como dominado às 10:15 do dia 09, seis dias depois de ter deflagrado numa área de mato e pinhal na zona de Baiona, na freguesia de São Teotónio.

O fogo chegou a entrar nos concelhos algarvios de Monchique e Aljezur e a área ardida ascende a cerca de 8.400 hectares, num perímetro de 50 quilómetros.

Rádio Pax/Lusa

PUB

PUB

PUB

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Farmácia de serviço hoje na cidade de Beja

Publicidade

Mais Lidas

1
Ourique
Incêndio fatal em Ourique: homem perde a vida aos 62 Anos
2
Ressonância
Hospital de Beja: A espera terminou, Ressonância Magnética chegou
3
Bombeiros
Polémica nos Bombeiros de Beja: Lista rejeitada responde a comunicado da direção 
Devemos acarinhar os eleitores do Chega? Não! Não podemos
5
Odemira
Alunas de Odemira brilham em competição de ciência em Itália
6
25 de Abril
50 anos de Abril: Catarina Eufémia, um símbolo da luta antifascista
7
roubos em Beja
Semana com ameaças, agressões e roubos em Beja
8
agricultores
Agricultores que cortaram estrada em Serpa identificados pelas autoridades

Recomendado para si

Alvito
21/07/2024
Buba Espinho no encerramento da Feira Anual de Vila Nova da Baronia
21/07/2024
São Teotónio acolhe último dia de FACECO
20/07/2024
Helder Guerreiro destaca importância de Odemira e exige ação do governo (com vídeo)
20/07/2024
23º concurso de mel destaca tradição apícula de Odemira (com vídeo)
Faceco
20/07/2024
FACECO destaca a importância dos produtos regionais (com vídeo)
20/07/2024
Artesãos de Odemira mostram a sua arte na FACECO
20/07/2024
Baronia em festa com Encontro de Vilanovenses e concerto de Rui Veloso
20/07/2024
“Sábados ao Luar” em Beja apresentam Sonido Andaluz