LPCC leva rastreio do cancro da mama à vila de Ourique

A unidade móvel de rastreio do cancro da mama da Liga Portuguesa Contra o Cancro está na vila de Ourique

O rastreio tem como objectivos a detecção do cancro da mama num estádio precoce. Desta forma aumentam as possibilidades de cura, os tratamentos são menos agressivos e é diminuída a mortalidade da doença.

O rastreio destina-se a mulheres entre os 45 e os 69 anos de idade. A Liga lembra que o exame é rápido, fácil e gratuito.

O coordenador adjunto do rastreio não tem dúvidas sobre a importância da detecção precoce da doença. Nuno Marques afirma que o rastreio “é a melhor forma de prevenção”. No concelho de Ourique, a taxa de adesão aos rastreios ronda os 70%, acima da média distrital que está no 60%.

A unidade móvel está na vila de Ourique até 15 de Setembro.