Moura isenta de Derrama novos investimentos

A Assembleia Municipal de Moura aprovou as propostas da Câmara relativas às taxas de IMI, Derrama e participação variável do IRS, a aplicar em 2018.

A Câmara destaca o escalão de isenção criado para a Derrama, beneficiando as empresas que se tenham fixado no concelho no ano de 2017 e tenham mantido 3 postos de trabalho.

Quanto à participação variável no IRS, a taxa será de 3%. A lei confere aos municípios o direito a uma participação variável até 5% do IRS cobrado aos contribuintes. O município abdica de 2% que serão devolvidos aos contribuintes.

O IMI-Imposto Municipal sobre Imóveis foi fixado em 0,3% para os prédios urbanos.

A derrama é lançada sobre 1,5% do lucro tributável sujeito e não isento de imposto sobre o rendimento de pessoas colectivas e 0,5% para os sujeitos passivos cujo volume de negócios não ultrapasse os 150 mil euros.

Álvaro Azedo, presidente da Câmara de Moura, sublinha que o novo executivo cumpre assim alguns dos compromissos assumidos com a população.