Moura licenciou Projeto de Arquitetura do Convento do Carmo

A Câmara Municipal de Moura licenciou o Projeto de Arquitetura do Convento do Carmo que será reconvertido num empreendimento turístico de 5 estrelas.

Está previsto um investimento na ordem dos 11 milhões de euros, da SPPTH –Sociedade de Promoção de Projetos Turísticos e Hoteleiros, entidade que é também proprietária do Convento de Espinheiro, em Évora.

O novo empreendimento tem abertura prevista para 2022, no âmbito de uma concessão de 50 anos para fins turísticos.

O Convento do Carmo, edificado em 1251, foi o primeiro da ordem carmelita fundado na Península Ibérica. No século XVI sofreu transformações profundas, tendo sido construída nessa altura a igreja, os claustros e as capelas. Foi deste convento que saíram os monges que fundaram o Convento do Carmo, em Lisboa.

O imóvel está localizado no centro histórico de Moura, próximo do castelo, sendo que o conjunto que engloba a igreja e o claustro do convento está classificado como imóvel de interesse público desde 1944.