Município de Moura com candidatura para reabilitação de Igrejas

A Câmara Municipal de Moura reuniu, em sessão extraordinária, na passada segunda-feira.

De entre os assuntos integrantes da ordem de trabalhos destaque para a aprovação das propostas de Protocolo de Colaboração entre a Fábrica da Igreja de São João Batista de Moura, a Fábrica da Igreja Paroquial de Santo Aleixo da Restauração, a Direção-Geral do Tesouro e Finanças, o Município de Moura e a Direção Regional de Cultura do Alentejo.

Os protocolos permitiram à Câmara Municipal candidatar a execução das obras de reabilitação das Igrejas de São João Batista e da Igreja Matriz de Santo Aleixo da Restauração. 

A Câmara Municipal de Moura revela que “a autarquia irá financiar com uma percentagem simbólica, aquele investimento e elaborar os projetos de conservação e reabilitação.

 “Cabe à Direção-Geral do Tesouro e Finanças, assegurar o montante mais significativo da contrapartida nacional da candidatura.”

Álvaro Azedo, Presidente da Câmara Municipal de Moura, afirma que “há o compromisso, traduzido agora em protocolo, para que se tenha esse investimento nas duas igrejas no sentido de terem a requalificação que tanto necessitam e merecem”.

“Estamos a falar de património nacional e compete ao Estado assumir essa responsabilidade” adianta.

“Não sendo património da Câmara é património de todos nós e queremos que estas duas igrejas, de fato, sejam requalificadas e fiquem como todos desejamos, com segurança também”, acrescenta Álvaro Azedo.

Na reunião foi ainda aprovada a proposta de protocolo a estabelecer entre a EDIA –Empresa  de  Desenvolvimento  e Infraestruturas  do  Alqueva,  S.A. e o Município de Moura, que estabelece os termos e condições e que é assegurada  a gestão,  exploração,  manutenção  e  conservação  do  novo  Cais  Ancoradouro  da Estrela.