Observatório do Baixo Alentejo assina protocolo com Lendias d’Encantar

O Observatório do Baixo Alentejo (OBA) assinou, na semana passada, durante a inauguração do Festival Internacional do Baixo Alentejo (FITA) um protocolo de colaboração com a companhia de Teatro Lendias d’Encantar e com a Junta da Andaluzia.

Jorge Barnabé, presidente do OBA explica que o objetivo é “estabelecer redes e contactos em todo o território do sudoeste ibérico” através da “cultura e das artes performativas, no sentido de promover a troca de experiências e vivências”.

O mesmo responsável considera que “não há desenvolvimento sem pessoas”, assim como “não há desenvolvimento sem a cultura” e, portanto, o OBA sempre assumiu “que a visão para o desenvolvimento da região tem de interligar os diferentes domínios da sociedade”, onde se inclui a cultura.

Nos próximos dias 10 e 11 de maio, o Observatório do Baixo Alentejo promove um “encontro de ideias”, com o objetivo de preparar “o desenvolvimento de um projeto de indústrias criativas para os territórios do Alentejo e da Andaluzia e Extremadura”.

Os encontros decorrem no edifício da Santa Cada da Misericórdia de Beja.