Opinião: João Dias

Vivemos um período de muitas incertezas

Vivemos um período de muitas incertezas, muitas são as dúvidas em relação ao nosso futuro, ainda para mais quando estamos confrontados com uma Pandemia que nos ameaça e rouba a saúde, a liberdade, o emprego, a vida social e familiar, que nos deita por terra o esforço de toda uma vida. O que um vírus agarrado a políticas que favorecem quem já muito tem e desprotege aqueles que mais precisam de ajuda veio mostrar.

Mas, por muitas incertezas que tenhamos, a maior certeza que podemos ter é a de que está nas nossas mãos construir uma vida e um futuro melhor! É preciso acreditar que seremos capazes de vencer as dificuldades que nos são colocadas. A começar pela proteção da nossa saúde e dos que nos são queridos. Para isso, sabemos que podemos contar com o nosso Serviço Nacional de Saúde e os seus Profissionais!

Hoje, todos contamos com os Profissionais de Saúde para nos ajudar a ultrapassar esta difícil Pandemia. Percebemos melhor do que nunca a relevância do nobre papel dos Profissionais de Saúde, que arriscando a sua saúde defendem e protegerem a nossa vida.

Aquilo que a Covid 19 veio trazer não é nada de novo para os profissionais de saúde. Há muito que os Profissionais de saúde estão na linha da frente. Seja no hospital, seja nos centos de saúde, seja nos cuidados continuados, apesar das situações difíceis com que se confrontam diariamente sabemos que estão lá como sempre estiveram.

É nosso dever também os defender, com valorização profissional, com carreiras mais dignas, com mais profissionais para trabalhar ao seu lado, com mais meios e equipamentos.

2021 será decisivo, para o distrito de Beja, no que à saúde diz respeito. Corremos o risco de milhares de utentes ficarem sem médico de família, de perder irremediavelmente mais especialidades médicas e cirúrgicas e capacidade para formar novos médicos. Corremos o risco de continuar a ver nascer contentores no recinto do Hospital e de perder a oportunidade de que de uma vez por todas possamos avançar com o projeto da construção do novo edifício do Hospital de Beja! Que, na prática é de um novo hospital que se trata, que criaria excelentes condições para fixar mais e melhores profissionais de saúde no nosso hospital.

Se há coisa que o Povo Alentejano sabe é que nada se consegue de “mão beijada”, será sempre a acção e a luta dos trabalhadores e do povo que o futuro se construirá.