Ourique: Dois mortos em colisão de pesados

Duas pessoas morreram numa colisão frontal entre dois veículos pesados de mercadorias.
O acidente aconteceu na madrugada desta quinta-feira, pouco passava das duas da manhã, no IC1, junto ao cruzamento de Monte Negro, concelho de Ourique (Beja).
A violência da colisão deixou os camiões praticamente destruídos e provocou a morte dos dois motoristas. O óbito foi declarado no local.

A sonolência e o cansaço poderão estar na causa deste aparatoso embate.

As causas do aparatoso acidente estão a ser investigadas pela GNR. No entanto, segundo fonte dos bombeiros que esteve no local, “um dos condutores terá passado pelo sono, invadiu a faixa contrária e acabou por colidir na parte lateral do pesado que seguia em sentido contrário”. A violência do embate fez com que as duas viaturas ficassem encaixadas uma na outra, obrigando ao desencarceramento das vítimas. “Os bombeiros tiveram bastante dificuldade em retirar os corpos devido ao estado em que se encontravam as viaturas”, relatou a mesma fonte à Rádio Pax.

Os dois motoristas trabalhavam para empresas de transporte diferentes, mas, por coincidência, residiam ambos em Loulé.

José Lourenço, o condutor de 52 anos que circulava no sentido sul/norte, viajava com destino a Tavira, Algarve. Aníbal Franganito tinha 40 anos e seguia no sentido sul/norte, tendo como destino a zona de Lisboa.
Por coincidência, as duas vítimas residiam em Loulé.
O transito esteve cortado cerca de 9 horas devido à dificuldade de transporte dos dois camiões acidentados e à remoção dos destroços e óleo espalhados pela via.
No local do acidente esteve a GNR, 12 operacionais dos Bombeiros de Ourique, Castro Verde e Aljustrel, apoiados por sete viaturas, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de Beja e a Viatura de Suporte Imediato de Vida (SIV).
Os corpos das vítimas foram transportados para o Gabinete Médico-Legal do Hospital de Beja onde serão autopsiados.