Ovibeja junta especialistas para debater alterações climáticas

A ACOS- Associação de Agricultores do Sul está em contagem decrescente para a 36ª Ovibeja, agendada para o próximo mês, de 24 a 28 de Abril, no Parque de Feiras e Exposições Manuel de Castro e Brito, em Beja.

O certame discute, este ano, a “problemáticas das alterações climáticas, com especial destaque para os sectores mais representativos da feira- agricultura e pecuária”, anuncia a ACOS, entidade promotora.

Claudino Matos, director- geral da Associação de Agricultores do Sul disse à Rádio Pax que a 36ª edição da Ovibeja pretende “debater e reflectir o impacto das alterações climáticas nestes sectores”. O certame vai também mostrar como é que a agricultura e a pecuária se podem adaptar às alteações climáticas.

Filipe Duarte Santos, investigador português de renome internacional, vai, nos dias 26 e 27 de Abril contextualizar e debater “as causas e efeitos das alterações climáticas na produção animal, produção florestal, olival, vinha, pastagens e hortícolas. Vai ainda debruçar-se sobre o Roteiro para a Neutralidade Carbónica e, por iniciativa da CIMBAL – Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo, vai abordar o Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Baixo Alentejo”.

Além de seminários, colóquios e workshops, estão também a ser preparadas acções de sensibilização e uma exposição interactiva.

Em cima da mesa estarão também temas relacionados com a PAC- Politica Agrícola Comum.

A inauguração do certame conta com a presença de Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República.