Paulo Arsénio quer recuperar “auto-estima” de Beja

Paulo Arsénio, novo presidente da Câmara de Beja, eleito pelo Partido Socialista, tomou posse esta manhã.
No seu primeiro discurso oficial defendeu a necessidade do concelho recuperar a “auto-estima”.
O autarca elegeu a captação de investimento como uma das suas prioridades, um compromisso assumido durante a campanha eleitoral.
Paulo Arsénio está disponível para receber novas competências do poder central e reduzir a taxa de IMI- Imposto Municipal sobre Imóveis.
O novo presidente da Câmara de beja pretende “fazer mais por Beja” ao lado das associações e instituições locais bem como atender às necessidades da população do concelho mais fragilizada.
Fernando Romba, presidente da Assembleia Municipal de Beja, começou por pedir um minuto de silêncio em memória das vítimas dos incêndios do último fim-de-semana.
No seu discurso enalteceu a importância do órgão que preside e garantiu que a nova Assembleia ouvirá Beja e será a “voz” dos bejenses.