PCP acusa grupo de deputados pró Alentejo do PS de mediatismo

A Direcção Regional do Alentejo do PCP vem em comunicado acusar o grupo de deputados pró Alentejo do PS de “não se preocuparem em resolver os problemas que afectam o Alentejo e as suas gentes, mas sim, quererem mediatismo”.

O Partido Comunista Português afirma que os socialistas “sempre que são confrontados com propostas concretas em defesa e desenvolvimento da região ou se abstêm ou votam contra, rejeitando no todo ou em parte as propostas do PCP”.

João Dias, deputado do PCP eleito por Beja, diz que para lutar pelo Alentejo “não basta ir para o show off mediático, é preciso trabalhar no terreno com empenho, honestidade e dedicação”.

O PCP diz “esperar para ver a postura e conduta dos deputados do PS (…) quando o grupo parlamentar do PCP apresentar o projecto de Resolução sobre o Plano de Apoio à Base Económica Regional”.

A Direcção Regional do Alentejo do PCP diz manter a sua determinação “em agir para melhorar as condições de vida e de trabalho das pessoas que vivem e trabalham na região, fortalecer o Poder Local Democrático, atrair investimento, fixar e aumentar a população, criar emprego com direitos, e apela aos trabalhadores e à população alentejana para que lute pelos seus direitos”.