PCP encontrará momento “oportuno” para trazer a regionalização para a ordem do dia

Numa altura em que o Movimento AMAlentejo prepara um Congresso para debater a Regionalização e que foi apresentada, em Beja, a Associação Movimento Pró Região Administrativa Baixo Alentejo, os comunistas não alteram a sua agenda.

Sobre a Regionalização, Miguel Madeira, membro da DORBE do PCP, assegura que o Partido “encontrará o momento e a forma mais oportuna de suscitar esta e outras questões”.