PCP preocupado com respostas na área da saúde

O Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) tem a intenção de reabrir todas as extensões de saúde que encerraram devido à pandemia, ainda, neste mês de outubro. A informação foi dada pelo CA da ULSBA a João Dias. O deputado do PCP eleito por Beja reuniu-se, ainda, esta semana, com o Hospital de São Paulo e com a Direção dos Bombeiros Voluntários de Serpa.

No balanço destes encontros, o deputado comunista disse à Rádio Pax que, relativamente à reunião com o Conselho de Administração da ULSBA pretendeu-se analisar as preocupações relacionadas com os cuidados de saúde primários.

João Dias afirma que a presidente do CA da ULSBA tem a intenção de reabrir todas as extensões de saúde, ainda, em outubro. Uma reabertura que o deputado do PCP diz ser fundamental para as populações.

Neste encontro foi também abordada a necessidade de reforçar a ULSBA de especialistas, nomeadamente, de médicos. João Dias salientou, igualmente, a sua preocupação com o facto da 2ª fase do Hospital José Joaquim Fernandes não ter ainda avançado, frisando que caso estivesse feita, o hospital teria outras condições para responder às exigências que se colocam.

Na reunião com o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, entidade responsável pelo Hospital de São Paulo, João Dias demonstrou a sua preocupação, com o facto do serviço de urgência vir a funcionar, com uma campainha no período noturno.

Da reunião com a Direção dos Bombeiros Voluntários de Serpa, o parlamentar salientou que o encontro teve como objetivo conhecer melhor a realidade dos bombeiros, nomeadamente, a resposta em tempos de pandemia, onde são colocadas mais exigências.