PCP quer conhecer acordo entre Estado e Misericórdia de Serpa

O Grupo Parlamentar do PCP questionou o Ministério da Saúde sobre a adenda ao acordo de cooperação entre a Santa Casa da Misericórdia de Serpa e o Estado para gestão do Hospital de S. Paulo.

Os deputados João Dias, Carla Cruz e Paula Santos querem saber quais foram os motivos alegados pela Santa Casa da Misericórdia de Serpa para denunciar o acordo de cooperação assinado entre as partes e porque não foi aproveitada a oportunidade para reverter o Hospital de S. Paulo para a esfera da gestão pública.

Os parlamentares pretendem ver esclarecidas dúvidas sobre o novo acordo e saber o valor total do mesmo.

O deputado do PCP eleito por Beja, suspeita que a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) está “a adquirir consultas a um preço bastante mais caro do que aquele que ela executaria”.

João Dias discorda desta parceria e receia que o acordo entre a Santa Casa e o Estado para gestão do Hospital de S. Paulo não esteja a ser cumprido.