PCP questionou Governo sobre necessidades da Unidade Local de Saúde

O Grupo Parlamentar do PCP questionou o Ministro da Saúde sobre os problemas sentidos na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

Os comunistas defendem a “necessidade de investimento em equipamentos” e recursos humanos. Relativamente aos equipamentos, foi destacado o problema nas centrifugadoras e a falta de reagentes nos laboratórios.

Sobre o número de profissionais, o Partido Comunista “relembrou que ainda recentemente oito directores de serviço do Hospital José Joaquim Fernandes, tomaram posição sobre a falta de recursos humanos”. Também nos enfermeiros, adianta o PCP; “as mais de 50 000 horas acumuladas serão dificilmente gozadas por carência destes profissionais”.

De acordo com o Partido Comunista, “o Ministro não respondeu às questões colocadas, mas o Grupo Parlamentar do PCP continuará a insistir e a reivindicar o necessário reforço em meios humanos e materiais da ULSBA”.