Falta de auxiliares nas escolas preocupa PCP

João Ramos, deputado do PCP eleito por Beja está preocupado com a falta de auxiliares de acção educativa nas escolas. O parlamentar visitou ontem vários estabelecimentos de ensino no distrito. Reuniu com os Agrupamentos de Escolas do concelho de Beja e com uma Associação de Pais.

João Ramos disse em declarações à Rádio Pax, que os assistentes operacionais devem ser colocados nas escolas de acordo com as necessidades de cada estabelecimento de ensino.

O deputado referiu ainda que os “orçamentos das escolas não foram adequados de acordo com as suas necessidades” e garantiu que o PCP  vai continuar a exigir, ao Ministério da Educação, soluções para os problemas apresentados.

A campanha do PCP intitulada “Defender a Escola Pública, Aumentar os Meios e as Condições, Lutar Contra a Precariedade Laboral” chegou a Beja esta semana.

A iniciativa da Direcção Regional do Alentejo do Partido Comunista pretende “aprofundar o conhecimento sobre a realidade” do ensino na região.

O PCP defende “a contratação de funcionários e professores assegurando vínculos estáveis”, a criação de “meios e condições necessárias, para o cumprimento do papel fundamental na formação” e a “promoção de uma política educativa que assuma a educação como um valor estratégico fundamental para o desenvolvimento do país”.