“Pelas Aldeias de Beja” com iniciativas em Baleizão

“Pelas Aldeias de Beja” propõe este sábado visitas guiadas pelo património em Baleizão.

Segundo a Câmara, está previsto recordar “memórias de um tempo mais próximo, de resistência e capacidade de superação dos assalariados rurais perante as desigualdades sociais e o autoritarismo do Estado Novo, universalmente simbolizadas pela memória de Catarina.”

“Pelas Aldeias de Beja” vai ao longo de “quinze meses fazer um repto para os habitantes de Beja e visitantes do concelho descobrirem as nossas aldeias​ através de propostas de deambulação pelo edificado e lugares de memória”, explica Paulo Arsénio, presidente do Município.

Com a duração de 2h30, as visitas serão acompanhadas por um ou mais guias versados na história local.

Nas visitas são privilegiados “os marcos arquitetónicos, a traça do casario e os estabelecimentos tradicionais, ainda em uso ou já abandonados, mas também, as histórias que povoam, ainda, a memória dos habitantes, recuperando a tradição oral e o património mais imaterial que estes lugares evocam”.

Após a visita, os participantes são convidados a almoçar num estabelecimento local permitindo, desta forma, que descubram alguns segredos gastronómicos para lá da cidade de Beja.

Face à pandemia da Covid-19, nesta fase, as visitas ainda, estão limitadas a 20 pessoas e com deslocação, em transporte próprio.