PME em Portugal: Dicas Importantes Para Crescimento

Na jornada do empreendedor são vários os desafios para fazer crescer uma PME. Mas, como será o contexto em Portugal? Fique a conhecer algumas dicas.

Certamente são muitos os guias para criar um negócio ou ter uma mente empreendedora.

Todavia, é importante conseguir um exemplo prático que ajude a visualizar e a colocar em prática algumas ideias, principalmente no país onde reside.

Por isso, é seguro sublinhar que existem alguns momentos transversais que ocorrem no crescimento de uma empresa em Portugal. Desde a valorização da imagem de marca, financiamento, à procura de acompanhamento legal, estes são alguns exemplos que podem ajudar a sua empresa a crescer.

Apoio à certificação PME

No crescimento do negócio e independentemente da dimensão da empresa, será oportuno obter uma certificação.

Dependendo da entidade, poderá até ser obrigatório fazer prova que é uma PME.

No entanto,e mesmo que não seja obrigado a tal, conseguir uma certificação é igualmente importante quando falamos na atribuição de apoios ou prémios do mercado empresarial.

Esta certificação para micro, pequena ou média empresa, pode ser realizada online no website do IAPMEI e possibilita de forma permanente conseguir o estatuto.

Como o mercado é bastante competitivo, olhar para a concorrência é também indispensável. É que podem existir pequenas certificações e prémios que valorizam a sua empresa no mercado.

PT2020

Um dos mais conhecidos e conceituados programas em Portugal, procura principalmente fomentar o crescimento de empresas.

Este é um acordo de parceria realizado entre Portugal e a Comissão Europeia que pretende desenvolver diferentes setores empresariais. Por isso, é possível encontrar diferentes candidaturas consoante a atividade e área geográfica.

Até 2020, Portugal recebeu 25 mil milhões de euros que pretende canalizar para as empresas. Independentemente se é uma entidade singular ou coletiva, do setor público ou privado, com ou sem fins lucrativos, pode beneficiar deste programa.

Legislação para empresas

Principalmente se está a começar, vai perceber que a legislação para empresas é vasta.

Este é um mundo extremamente burocrático com elevadas penalizações para os empreendedores.

Falamos de temas como a carga fiscal, incentivos, obrigações e proteção de dados.

São tantos os temas importantes a ter em conta, que é necessário conseguir um acompanhamento personalizado para que a sua empresa cumpra todos os requisitos.

No entanto o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI) disponibiliza um resumo de legislação que pode ser útil:

Empreendedorismo em Portugal

É verdade que são muitas as barreiras que o empreendedor encontra no mercado português. Contudo, apesar da burocracia e da instabilidade económica, o empresário português é um exemplo a seguir.

De tal forma, que para aumentar a aposta no empreendedorismo, nos próximos cinco anos Portugal receberá a maior academia do mundo.

Segundo o jornal económico digital ECO, “A European Innovation Academy (EIA) escolheu a cidade do Porto para acolher as próximas cinco edições daquele que é considerado o maior programa de empreendedorismo tecnológico e digital do mundo, que junta mais de 500 estudantes de 120 universidades e uma centena de mentores e oradores de todo o mundo, numa iniciativa de formação intensiva dedicada aos temas da inovação e da tecnologia.”

É que este programa conta com especialistas de empresas como a Google, Amazon e Microsoft, e o know-how dos principais pilares económicos são uma fonte de informação importante para utilizar como exemplo de evolução.

Um exemplo local

Na mesma cidade onde ocorre este evento, no Porto, são milhares as pequenas empresas que lutam diariamente para evoluir o negócio.

É aqui que se encontra a Gestlifes, uma empresa com forte aposta no crédito online.

Para perceber como uma certificação pode ser importante, antes de um cliente recorrer a uma intermediação de crédito, procura opiniões e pesquisa pela certificação do Banco de Portugal. Caso não a encontre, é automaticamente uma porta de saída e um adeus à credibilidade da marca.

Este fator é ainda mais importante quando falamos de um negócio que depende de uma componente digital. Se a atividade é completamente tecnológica, existe uma maior dificuldade em oferecer um toque pessoal ao cliente e, por isso, uma certificação oferece uma credibilidade extra no momento da decisão do cliente.

O empreendedorismo é importante para inovar e quebrar barreiras tradicionais, no entanto, muita das vezes a imagem de marca e o toque humano cai em esquecimento, prejudicando o crescimento do negócio.