“Porquinho Doce” a um passo da final das “7 Maravilhas Doces de Portugal”

O “Porquinho Doce” continua na “corrida” para ser uma das “7 Maravilhas Doces de Portugal”.

Na disputa pela vitória já estiveram 900 doces, agora estão 28 e à final irão apenas 14 doces.

“O doce mais emblemático do Distrito de Beja, tudo tem ultrapassado e está a um passo de poder «entrar» na Final Nacional do concurso”.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, refere que as “7 Maravilhas Doces de Portugal” dão “projeção aos locais cujos doces estão numa fase muito avançada na competição”.

Nesta fase, o “Porquinho Doce” é o único representante do Baixo Alentejo”.

A Câmara de Beja espera que o “Porquinho Doce” chegue à final.

Paulo Arsénio diz ainda que a capital do Baixo Alentejo tem “uma doçaria conventual de excelência”. Em seu entender, “hoje em dia, a gastronomia e a doçaria têm um papel muito importante, nos roteiros turísticos”.

A passagem à final é decidida, dia 31 de Agosto, em Ferreira do Zêzere.

A concurso estão sete categorias de doces: doces de território; bolo de pastelaria; doce de colher e doce à fatia; biscoitos e bolos secos; doces festivos; doces de fruta e mel e doces de inovação.

A gala final das “7 maravilhas Doces de Portugal” decorrerá no dia 7 de Setembro.