Programa Nacional de Regadios tem novos projetos no valor de 50 milhões

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes aprovou quatro novos projetos de regadio, integrados no Programa Nacional de Regadios (PNRegadios).

Foram aprovados o Circuito Hidráulico de Reguengos de Monsaraz e respetivo bloco de rega (fase 1), que integrará o perímetro de Alqueva, o Aproveitamento Hidroagrícola de Mortágua (Bloco da Macieira), no concelho de Mortágua, o Aproveitamento Hidroagrícola da Gardunha Sul (Bloco da Marateca), no concelho de Castelo Branco e o Aproveitamento Hidroagrícola do Vale da Vilariça (Ampliação do Bloco Norte), no concelho de Alfândega da Fé.

Ao todo, serão beneficiados cerca de 13 mil hectares aos quais está associado um valor de apoio ao investimento superior a 50 milhões de euros.

Estes regadios fazem parte de um programa que visa a valorização dos territórios e da atividade agrícola.

Para a Ministra da Agricultura “o regadio é absolutamente fundamental pois para além de ser um fator de resiliência face às alterações climáticas contribui para a valorização dos territórios e da atividade agrícola, tornando-a mais produtiva e mais competitiva”.