Projecto (Des)construir para a economia circular reuniu na CIMBAL

O Grupo de Trabalho do projecto (Des)construir para a economia circular reuniu esta, semana, na CIMBAL.

No encontro foi efectuado “um ponto de situação das realidades de cada concelho, ao nível dos regulamentos municipais, e traçaram-se os próximos passos para o futuro, designadamente envolvendo as estruturas das freguesias como contributo para a resolução do problema”, anuncia a CIMBAL.

Estiveram presentes técnicos do LNEG – Laboratório Nacional de Energia e Geologia e da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, com preciosos contributos para o desenho de um sistema integrado de gestão de Resíduos de Construção e Demolição (RCD’s) para o Baixo Alentejo, candidatável a fundos comunitários.

Este grupo de trabalho debruça-se sobre a gestão dos RCD’s, numa perspetiva de economia circular e resulta de uma parceria entre a CIMBAL e a CCDR Alentejo, integrando eleitos e técnicos dos treze municípios do Baixo Alentejo e das entidades gestoras de resíduos.

(Des)construir para a economia circular tem como principais objectivos eliminar a deposição ilegal de RCD, reduzir a deposição em aterro de RCD, reduzir o consumo de recursos naturais e recuperar, reutilizar e reciclar os resíduos.