PS de Castro “congratula-se” com desconto no IRS

O PS de Castro Verde “congratula-se” com a decisão da Câmara e Assembleia Municipal de reduzir, no próximo ano, o IRS dos 5% para 4,5% na taxa variável a que os municípios têm direito.

Na prática, os contribuintes de Castro Verde vão pagar menos de imposto em 2019. A Câmara abdica de uma receita de 38 mil euros.

Em nota de impressa, a concelhia de Castro Verde do PS fala numa “conduta inaceitável” e “falta de coerência da CDU que na Câmara votou contra a proposta e na Assembleia apresentou dois votos contra e oito abstenções”.

“Felizmente que apesar desta incoerência, houve responsabilidade dos eleitos da CDU na Assembleia Municipal que se abstiveram”, adianta a mesma nota.

Para o PS “os dois vereadores comunistas, Francisco Duarte e António João, foram completamente desautorizados porque não queriam que fosse tomada esta decisão”.

Filipe Mestre, presidente da concelhia de Castro Verde do PS, realça que esta era uma pretensão antiga dos socialistas.