PS diz que distrito de Beja lidera no montante de fundos captados no Alentejo

O distrito de Beja lidera no montante de fundos captados relativamente aos restantes distritos da região. A garantia é do Gabinete de Estudos da Federação do Baixo Alentejo do PS.

Só ao nível do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial foram captados 33,9 milhões de euros,” tendência depois vincada em termos globais pelo Programa Operacional Regional do Alentejo para o período 2014-2020, responsável por, até ao momento, ter aprovado para o Distrito de Beja mais de 100 milhões de euros, num volume superior aos Distritos de Évora e Portalegre”.

A concussão saiu do debate promovido pelos socialistas sobre a aplicação de fundos comunitários.

A iniciativa “afirmou com clareza o Portugal 2030, como o caminho de futuro para prosseguir e consolidar o desenvolvimento e a afirmação dos territórios”, adianta a Federação.

Rui Marreiros, Coordenador do Gabinete de Estudos da Federação do Baixo Alentejo do Partido Socialista, sublinha que os números espelham a aposta feita no distrito na captação de ajudas comunitárias.