PSD quer Mértola no Grupo de Acção Costeira do Sotavento

O PSD “congratula-se com a decisão de alteração do regime das pescas para a comunidade piscatória” de Mértola.

De acordo com os social-democratas “a portaria que deverá entrar em vigor dia 1 de Fevereiro resolve o problema do pescado ter de ser descarregado e vendido em lota, no entanto, a alteração legal fundamental: a situação da comunidade piscatória de Mértola não está em paridade com a vizinha de Alcoutim”.

O PSD exige por isso a “integração do concelho de Mértola no Grupo de Acção Costeira (GAC) do Sotavento, permitindo à autarquia, pescadores e respectivas famílias acederem a financiamento dos Quadros Comunitários PROMAR 2020”.

A inclusão do município neste organismo, sediado em Olhão, foi apresentada por José Apolinário, na comissão parlamentar de agricultura e Mar, em Novembro de 2017, após a Deputada Social-Democrata Nilza de Sena questionar este sobre a criação de critérios de discriminação positiva para a pesca no concelho.