Queijo Serpa à conquista de Bruxelas

A Associação de Defesa do Património de Mértola (ADPM) e a Associação de Produtores de Serpa (AproSerpa) têm no terreno uma acção de prospecção em Bruxelas no quadro do projecto de internacionalização do Queijo Serpa. Até ao próximo sábado estão a desenvolver reuniões com várias superfícies comerciais do mercado belga, lojas gourmet, importadores e lojas portuguesas.

A ADPM revela que estes contractos pretendem igualmente, “obter informação do mercado no sector dos lácteos, nomeadamente ao nível dos hábitos de consumo, dos preços praticados e da comercialização ao nível da embalagem e do produto, bem como identificar os produtos portugueses comercializados”.

Liliana Vinagre, técnica da AproSerpa, sublinha que esta é a última acção de prospecção prevista.

O projecto já passou por França, Espanha, Reino Unido e Alemanha onde foram recolhidos muitos contactos.