Resialentejo aumentou volume de resíduos recolhido

A Resialentejo, empresa intermunicipal de tratamento e valorização de resíduos anuncia que, entre Janeiro e Setembro deste ano, aumentou a quantidade de resíduos recicláveis depositados nos ecopontos, face a período homólogo.

No papel e cartão foram recolhidas 1 232 toneladas, o que corresponde a um acréscimo de 8,3%, relativamente ao ano passado.

No Vidro, com a recolha de 861 toneladas, verificou-se um aumento de 0,2% face a igual período de 2017.

No Ecoponto Amarelo (Plástico e Metal) registou-se o maior crescimento. Foram recolhidas 951 toneladas, o que significa um aumento de 12,2%.

De acordo com a Resialentejo, “é este caminho que se deve continuar a procurar, em conjunto com os oito Municípios que compõem o sistema, para melhor utilização dos nossos recursos e garantindo uma maior sustentabilidade”.

A Resialentejo serve os concelhos de Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa.