Resialentejo envolve 7 mil habitantes em projecto-piloto

A Resialentejo viu aprovado pelo POSEUR um projecto-piloto de aplicação de tarifas de gestão de resíduos associadas à produção de resíduos indiferenciados, em vez do consumo de água.

Numa 1ªfase vão ser abrangidos 6 concelhos (Barrancos, Beja, Mértola, Moura, Ourique e Serpa), num universo de cerca de 7 mil habitantes.

O arranque do projecto, denominado “PAYT” (Pagar pelo Produzido), está previsto para 2019 e representa um investimento de 395 mil euros, sendo comparticipado por fundos comunitários a 85%.

As explicações foram deixadas na Rádio Pax por Aníbal Costa, Director Executivo da Resialentejo.