Resialentejo fecha 2015 com indicadores positivos

A Empresa Intermunicipal de Tratamento e Valorização de Resíduos, que beneficia os concelhos de Castro Verde, Serpa, Almodôvar, Beja, Ourique, Mértola, Moura e Barrancos, revela que recebeu 96,5 toneladas de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos (REEE). Comparativamente com 2014, registou-se no ano passado um aumento de 49% no volume destes resíduos.

Os resíduos urbanos indiferenciados encaminhados para a Resialentejo totalizaram as 360,7 toneladas, menos 1% do que em 2014.

De acordo com a Resialentejo, 60% dos resíduos foram encaminhados para aterro, 30% para sistema de Tratamento Mecânico Biológico e 10% para reciclagem.

A Empresa Intermunicipal de Tratamento e Valorização de Resíduos anuncia que no âmbito do projecto “Dê uma tampa” co-financiou em mais de 67 mil euros a aquisição de equipamentos ou consultas médicas.