Serpa vai criar Centro Tecnológico Agro-alimentar

O município de Serpa apresentou ao Alentejo 2020 a candidatura para a criação do Centro Tecnológico Agro-alimentar do Alentejo (CETAA).

Esta infra-estrutura, orçada em cerca de 2 milhões de euros, ficará situada na Zona Industrial de Serpa e tem como objectivo “dinamizar e apoiar as actividades de investigação aplicada, de desenvolvimento tecnológico e de inovação empresarial junto da fileira alargada do sector agro-alimentar, bem como desenvolver valências tecnológicas e de gestão de apoio às PME do sector, promover formação técnica e tecnológica e prestar serviços especializados”.

A Câmara de Serpa revela que estão envolvidas neste projecto mais de uma centena de entidades, entre empresas, autarquias e instituições, locais, regionais e nacionais.

O Centro vai estreitar as relações entre investigadores e investidores, explica Tomé Pires, presidente da Câmara de Serpa.