Socialistas do Baixo Alentejo dizem que aeroporto de Beja deve ser “valorizado e promovido”

O Secretariado da Federação do Baixo Alentejo do Partido Socialista, na última reunião, sublinhou a “relevância da realização das operações charter no Aeroporto de Beja, durante o mês de Junho”.

Segundo a Federação, “com os constrangimentos verificados no Aeroporto Humberto Delgado, atingindo o limite da sua capacidade útil, o Aeroporto de Beja surge como uma infra-estrutura aeroportuária complementar, importante para a ampliação das capacidades logísticas colocadas ao serviço da dinamização da economia e da valorização do potencial do sector do Turismo”.

Para Pedro do Carmo, presidente da Federação, “o 4.º Aeroporto de Portugal Continental é um importante activo que deve ser valorizado e promovido”.

O Partido Socialista assegura que, através dos seus eleitos, nas autarquias locais, na região e na Assembleia da República, “tem mantido uma persistente defesa da construção de soluções para a região, com a firmeza de quem sabe que nem sempre o melhor caminho é do estridente sublinhar dos problemas acumulados em anos de governação”.

Pedro do Carmo garante que “nos canais adequados, nunca houve silêncio, conformação ou interesse em que os problemas persistam para agitar as massas”.