SOMINCOR desenvolve estudos junto da população

A SOMINCOR, concessionária da mina de Neves-Corvo, está a desenvolver dois estudos junto das populações dos cinco concelhos abrangidos pela exploração mineira: Castro Verde, Almodôvar, Aljustrel, Ourique e Mértola.

Os trabalhos são conduzidos por um conjunto de especialistas da Universidade de Lisboa.

A SOMINCOR anuncia que pretende “saber quais as expectativas das comunidades em relação à empresa, como são percepcionados os seus impactos, qual a percepção das pessoas acerca da operação de Neves-Corvo e quais os efeitos da sua presença nas pessoas e na economia da região”.

Os dados necessários para as análises serão recolhidos até ao final deste mês.

O “Inquérito de Percepção” contará com um total de quatrocentas visitas aleatórias porta-a-porta na área de influência de Neves-Corvo, de segunda-feira a sábado e em horário conveniente para o entrevistado. A empresa estima a obtenção de cerca de 80 respostas por município.

Já o “Estudo de Impacto Socioeconómico” será realizado com dados de fontes oficiais e entrevistas-chave a representantes de municípios, aldeias adjacentes à mina de Neves-Corvo e outras entidades relevantes do Alentejo, revela a SOMINCOR.

A empresa garante a confidencialidade dos dados recolhidos.

Para a administração, este é um “sinal de transparência e vontade de construir uma comunicação aberta e bidireccional com as comunidades”.

Os principais resultados dos estudos serão apresentados em Outubro.