STAL exige reconhecimento da insalubridade, penosidade e risco

O STAL- Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local e Regional promove hoje uma concentração em Lisboa para exigir o reconhecimento da insalubridade, penosidade e risco de várias actividades nas autarquias.

No final de um desfile entre a Rua Braamcamp e a Assembleia da República, uma delegação sindical fará a entrega ao Presidente da Assembleia da República de uma petição com mais de 15 mil assinaturas onde expressa a suas exigências.

O STAL considera que “o Suplemento de Insalubridade, Penosidade e Risco não é nenhuma benesse, mas sim uma compensação justa decorrente da natureza e condições de execução do trabalho”.