Suspensas as buscas subaquáticas para encontrar desaparecido em Santa Clara

Após dez dias as autoridades suspenderam as buscas subaquáticas para encontrar o britânico desaparecido na barragem de Santa Clara, no concelho de Ourique. O jovem, de 30 anos, foi dado como desaparecido no final do dia 20 de Agosto.

No local estiveram várias equipas de mergulho, incluindo o Grupo de Intervenção de Prevenção e Socorro (GIPS) da GNR.

“Foi um trabalho de muito risco para os mergulhadores. Existe uma autêntica floresta lá em baixo, a mais de 30 metros de profundidade, o que dificultou bastante as operações”, explicou Mário Batista, comandante dos Bombeiros de Ourique.

Até domingo vão continuar apenas as buscas de superfície com 2 barcos e 4 bombeiros.

Recorde-se que Richard Chapelow integrava um grupo de 10 amigos, todos britânicos, que estavam a passar um período de férias na herdade de Albricoque, propriedade do milionário inglês Jon Hunt, ligado ao ramo do imobiliário e pai de um dos jovens.

Segundo relato fonte dos bombeiros, seis amigos seguiam numa embarcação, enquanto quatro eram puxados numa boia insuflável. Por motivos ainda desconhecidos, os quatro jovens caíram à água. Três ainda conseguiram nadar até à embarcação, um desapareceu nas águas profundas da barragem.