Terras sem Sombra à conquista de Olivença

A cidade raiana de Olivença é o destino do Terras sem Sombra, durante este fim-de-semana.

Durante dois dias, o Festival conhece as suas raízes portuguesas, escuta algumas das mais belas suítes para viola da gamba na igreja de Santa María do Castelo e vai ao encontro da biodiversidade da serra de Alor.

Está prevista uma visita guiada sob a orientação de Joaquín Fuentes, da Associação Além-Guadiana. A iniciativa permite compreender os pilares da história local, assim como os principais monumentos e outros aspectos marcantes do património concelhio e do quotidiano das suas gentes.

Hoje, pelas 20 horas, na igreja de Santa Maria do Castelo acontece o concerto “Uma Viagem Imaginada: Suítes Francesas para Viola da Gamba”.

O Festival Terras Sem Sombra, dedica a manhã de domingo, à biodiversidade do concelho. A iniciativa prepõe uma visita ao Jardim de Deus: A Serra de Alor e a Dehesa.

Este ano, o Festival vai ainda percorrer Beja, Elvas, Cuba, Ferreira do Alentejo, Odemira, Barrancos, Santiago do Cacém e Sines.