Terras sem Sombra inicia espectáculos em Vila de Frades

A 14ª edição do Festival Terras sem Sombra arranca, hoje, na Igreja matriz de Vila de Frades, no concelho de Vidigueira.

A iniciativa está marcada para as 21h30 e conta com a participação do Vaszy Viktor Kamarakórus (Coro de Câmara da Ópera Nacional e da Catedral de Szeged).

“Aproximando o Distante: Tradição e Vanguarda na Música Europeia (Séculos XVI-XXI)” é o mote desta edição, cuja programação presta especial atenção ao Ano Internacional do Património Cultural.

Todos os fins-de-semana, até dia 8 de Julho, o festival oferece um programa que associa repertórios e intérpretes à visita a monumentos que geralmente estão inacessíveis ao público.

O Festival vai passar pelos concelhos de Sines, Santiago do Cacém, Ferreira do Alentejo, Odemira, Serpa, Mértola, Barrancos, Elvas e Beja. Ao todo são 10 concertos.

José António Falcão, director geral do Festival, salienta que o evento “vai ao encontro de novas terras e novas localidades”. O Festival “Terras Sem Sombra” pretende “fazer da região um destino de arte e de natureza”.

A iniciativa é da Associação Pedra Angular e resulta de uma parceria entre várias entidades, com destaque para as autarquias.