Turismo no Alentejo voltou a crescer em Setembro

O número de dormidas no Alentejo aumentou em Setembro passado 3,2% comparativamente com período homólogo. A região registou o segundo maior crescimento do país, indicam os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

O Instituto frisa que o Norte, o Alentejo e os Açores foram as únicas regiões que registaram acréscimos nas dormidas.

As dormidas de residentes aumentaram 9,7% na região. As dormidas de não residentes no Alentejo caíram 5,8% face a Setembro do ano passado.

No Alentejo, os proveitos totais cresceram 3,1% em Setembro passado e os de aposento 4,2% quando comparados com período homólogo.

O Rendimento médio por quarto disponível no Alentejo subiu dos 44,2 euros em Setembro de 2017 para os 45,1 euros em Setembro deste ano.

Os estabelecimentos hoteleiros e similares registaram 2,2 milhões de hóspedes e 6,2 milhões de dormidas em Setembro, no país. O número de dormidas caiu 1,3%. As dormidas de residentes aceleraram e registaram um crescimento de 9,0%, enquanto as de não residentes diminuíram 4,9%.