Vindimas arrancam em Vidigueira com “boas perspectivas”

Na área de influência da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito começaram hoje as vindimas.

José Miguel Almeida, presidente da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito tem “boas perspectivas” pois “as recolhas de amostras têm revelado mostos muito equilibrados”.

A produção deverá aumentar este ano entre os 5% a 10% face à vindima do ano passado.

José Miguel Almeida afirma que “estão asseguradas as condições para a produção de belíssimos vinhos”.