Violador apanha 8 anos por abusar da enteada

O homem, de 65 anos, que estava acusado de abusar sexualmente da enteada, foi condenado esta quinta-feira a uma pena de 8 anos de prisão e ao pagamento de 15 mil euros.

O Tribunal de Beja provou que Francisco Valentim, trabalhador agrícola, residente num monte, perto de Vila Nova de São Bento, concelho de Serpa, terá obrigado a enteada, de 20 anos, portadora de doença mental, a ter relações sexuais.

Um dos abusos terá acontecido no final de Abril de 2015. A jovem, aluna do ensino especial, terá denunciado o caso a uma professora. A docente resolveu de imediato dar conhecimento da situação às autoridades.

Duas semanas depois o homem foi detido pela Policia Judiciária de Faro.

Ouvido em primeiro interrogatório e acusado de quatro crimes de abuso sexual agravado de pessoa incapaz de resistência, Francisco Valentim ficou em prisão preventiva. Passados cerca de dois meses a pena foi alterada para apresentações periódicas às autoridades e proibição de contactar a vítima.

O julgamento começou no dia 22 de Janeiro de 2018, à porta fechada.

Segundo o que a Rádio Pax apurou, o advogado de defesa vai recorrer da sentença.