Vito Carioca deixa certezas no seu último Dia do IPBeja

Na frente do Instituto desde 2009, esta foi a última cerimónia do Dia do IPBeja de Vito Carioca enquanto presidente. No seu discurso, em tom de despedida, agradeceu a toda a equipa que o acompanhou e a várias entidades.

Para o futuro deixou a certeza de que a internacionalização é “um grande desafio” e faz parte da estratégia a seguir. A dimensão social, a aposta na língua inglesa e a investigação contextualizada às necessidades da região são outros dos pontos centrais destacados pelo actual presidente.

Vito Carioca sublinhou ainda o papel do Instituto no desenvolvimento da região e do concelho de Beja, representando cerca de 10% da população residente e sendo o terceiro maior empregador do concelho.

João Paulo Ramôa, presidente do Conselho Geral do Instituto Politécnico, na sua intervenção destacou o carácter exigente dos alunos do século XXI e referiu que “a preparação para o mundo” pode fazer a diferença na escolha dos estudantes entre esta ou aquela instituição de ensino superior.

O presidente da Câmara de Beja também esteve presente na cerimónia. João Rocha referiu a “relação de proximidade e cooperação” entre a Câmara Municipal e o IPBeja e avançou que irá ser celebrado um protocolo global entre as duas entidades que espelhe as várias formas de cooperação. O autarca acrescentou ainda que a “excelente relação” tem o objectivo comum de tornar Beja num pólo atractivo e desenvolvido.