2022 fica marcado pela guerra diz Pedro do Carmo

Pedro do Carmo, deputado do PS eleito por Beja, considera que o ano que está prestes a terminar fica marcado pela guerra.

De acordo com o parlamentar, quando era esperada alguma regularidade da economia no período pós-pandemia, a guerra na Ucrânia provocou impactos significativos com o aumento da inflação.

Pedro do Carmo enaltece o que diz serem as “boas políticas públicas que, apesar de tudo, conseguiram conter as dificuldades”.

O deputado sublinha o aumento dos apoios sociais por parte do Estado.

No Baixo Alentejo este ano fica marcado pelo “desbloquear” de alguns investimentos e por dificuldades em concretizar obras devido ao agravamento da inflação.